A psicanálise frente à superdotação

ensaios de uma clínica antissegregação

  • Cássio Eduardo Soares Miranda Universidade Federal do Rio de Janeiro-UFRJ, Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Palavras-chave: Superdotação, Segregação, Retificação subjetiva

Resumo

Este ensaio tem como objetivo demonstrar como a psicanálise pode auxiliar jovens identificados como superdotados em situação de fracasso escolar. Apresenta o conceito de segregação como operador lógico na clínica psicanalítica contemporânea, sobretudo em jovens nomeados como superdotados com os respectivos efeitos de inserção promovidos pela retificação subjetiva.

Biografia do Autor

Cássio Eduardo Soares Miranda, Universidade Federal do Rio de Janeiro-UFRJ, Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

Graduado em Psicologia pela Universidade-FUMEC.

Doutor em Psicologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro-UFRJ.

Referências

AJURIAGUERRA, J. Manual de psiquiatria infantil. Rio de Janeiro: Atheneu, 1988.

ALENCAR, E. M. L. S. Psicologia e educação do superdotado. São Paulo: EPU, 1986.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Especial. Direito à educação: subsídios para a gestão dos sistemas educacionais – orientações gerais e marcos legais. Brasília: MEC/SEESP, 2006.

CHAGAS, J. F.; FLEITH, D. de S. Habilidades, características pessoais, interesses e estilos de aprendizagem de adolescentes talentosos. Psico-USF (Impr.), Itatiba, v. 15, n. 1, p. 93-102, Apr. 2010. Disponivel em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-82712010000100010&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 27 ago. 2018. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-82712010000100010.

COHEN, R. H. P. Do universal ao singular: um tratamento possível do fracasso escolar. Estilos clin., São Paulo, v. 12, n. 23, p. 56-67, dez. 2007. Disponível em: <http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-71282007000200005&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 27 ago. 2018.

COUTO, M. P. do; SANTIAGO, A. L. Família e fracasso escolar. Asephallus. v. 2, n. 4, maio a outubro de 2007.

FREUD, S. (1905). Três ensaios sobre a sexualidade. Rio de Janeiro: Imago, 1996. (Edição standard brasileira das obras completas de Sigmund Freud, 6).

______. (1926). Inibições, sintomas e ansiedade. Tradução de Salomão. Rio de Janeiro: Imago, 1980. p. 107-198. (ESB, 20).

GUIMARÃES, M. R. A psicanálise na era da criança generalizada. Almanaque On-line, n. 7, 2010. Instituto de Psicanálise e Saúde Mental de Minas Gerais. Belo Horizonte. Disponível em: <http://www.institutopsicanálise-mg.com.br/psicanálise/almanaque/07/Textos/MariaRita.pdf.>.

JAKOBSON, R. Quest for the essence of language. Diogenes, v. 13(51), p. 21-37, 1965.

LACAN, J. (1960). Subversão do sujeito e dialética do desejo no inconsciente freudiano. In: Escritos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1988. p. 807- 842.

______. (1973-1974). Le séminaire, livre 21: les non dupes errent. Seminário inédito, aula de 19 de março de 1974.

______. (1974). Prefácio a “O despertar da primavera”. Tradução de V. Ribeiro. In: Outros escritos. Rio de Janeiro, RJ: Jorge Zahar, 2005. p. 557- 559.

LEITE, M. P. de S. Na segunda clínica de Lacan a palavra não se dirige ao outro. Estilos clin., São Paulo, v. 5, n. 9, p. 169-181, 2000. Disponível em: <http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-71282000000200013&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 4 ago. 2019.

MACHADO, O. M. R. A clínica do sinthoma e o sujeito contemporâneo. Tese de Doutorado. Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2005.

METTRAU, M. B. Nos bastidores da inteligência. Rio de Janeiro: UFRJ, 1995.

MILLER, J-A. A criança entre a mulher e a mãe. Opção Lacaniana, São Paulo, n. 21, p. 369, abr. 1998.

______. A criança e o saber. CIEN-DIGITAL, n. 11, jan. 2012.

SAUSSURE, F. (1905). Curso de linguística geral. São Paulo: Cultrix, 2006.

VERGEZ, A.; HUISMAN, D. História dos filósofos ilustrada pelos textos. Rio de Janeiro: Livros do Brasil, 1982.

Publicado
04-12-2019
Como Citar
MIRANDA, C. E. A psicanálise frente à superdotação. Cadernos de Psicanálise (CPRJ), v. 41, n. 41, p. 191-205, 4 dez. 2019.
Seção
Artigos em Tema Livre