O rival semelhante

uma resenha crítica sobre O duplo de Otto Rank

  • André De Martini Círculo Psicanalítico do Rio de Janeiro-CPRJ, Rio de Janeiro, RJ
Palavras-chave: Rank, Otto, Psicanálise, O duplo

Resumo

Neste trabalho, procuro realizar uma leitura próxima e crítica do livro O duplo, de Otto Rank. Destaco aqui os principais eixos da discussão realizada por Rank – a divisão do Eu, a relação entre narcisismo e morte, e os impasses fálicos e a rivalidade presentes nos motivos literários do duplo, dos espelhos e das sombras. Proponho também a retomada da discussão no contexto da cena edípica, apenas mencionada por Rank. Uma aproximação com o texto Batem numa criança (FREUD, 1920/2010) evidenciará elementos centrais a ambos. Por fim, procuro responder uma pergunta do editor do livro, Harry Tucker Jr., sobre o duplo feminino.

Biografia do Autor

André De Martini, Círculo Psicanalítico do Rio de Janeiro-CPRJ, Rio de Janeiro, RJ

Psicanalista. Membro Associado do Círculo Psicanalítico do Rio de Janeiro (CPRJ). Pós-doc
vinculado ao Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica da Pontifícia
Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Doutorado e mestrado pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (USP). Graduado em Psicologia pela Universidade de São
Paulo (USP). Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

Referências

CISNE Negro (Black Swan). Direção: Darren Aronofsky. Produção: Mike Medavoy, Arnold W. Messer, Brian Oliver e Scott Franklin. Roteiro: adaptado de Andrés Heinz. EUA: Fox Searchlight Pictures, 2010.

A DUPLA vida de Véronique (La double vie de Véronique). Direção: Krzysztof Kieslowski. Produção: Leonardo De La Fuente. França, Polônia e Noruega: Sidéral Productions, 1991.

O ESTUDANTE de Praga (Der student von Prag). Direção: Paul Wegener e Stellan Rye. Produção: Paul Wegener. Roteiro: adaptado de Hanns Heinz Ewers. Império germânico: 1913.

FERENCZI, S. (1926). Fantasias Gulliverianas. São Paulo: Martins Fontes, 1993. (Obras completas Sándor Ferenczi, 4).

FREUD, S. (1925). A negativa. Rio de Janeiro: Imago Editora, 2007. (Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud, 3).

______. (1923). O Eu e o Id. Rio de Janeiro: Imago, 2007. (ESB, 3).

______. (1920). Batem numa criança - Contribuição ao conhecimento da gênese das perversões sexuais. São Paulo: Companhia das Letras, 2010. (Obras completas, 14).

______. (1919). O inquietante. São Paulo: Companhia das Letras, 2010. (Obras completas, 14).

______. (1915). Os instintos e seus destinos. São Paulo: Companhia das Letras, 2010. (Obras completas, 12).

GASKELL, E. (1856). The poor Clare. California: CreateSpace, 2017.

GHOST in the shell (Kôkakukidôtai). Direção: Mamoru Oshii. Produção: Mitsuhisa Ishikawa, Ken Iyadomi, Kodansha e Yoshimasa Mizuo. Japão: Manga Entertainment, 1995.

MEU outro eu (Another me). Direção: Isabel Coixet. Produção: Mariela Besuievsky, Nicole Carmen-Davis e Rebekah Gilbertson. Baseado no livro de Catherine MacPhail. ReinoUnido, Espanha: Rainy day films, 2013.

RANK, O. (1925). The double. A psychoanalytic study. North Carolina: The University of Carolina Press, 1971.

Publicado
05-08-2020
Como Citar
MARTINI, A. O rival semelhante. Cadernos de Psicanálise (CPRJ), v. 42, n. 42, p. 155-171, 5 ago. 2020.